Arquivo para Prova Brasil - Blog do PNLD da Editora Moderna

Prova Brasil avaliará ciências a partir deste ano

Por | Dicas, Novidades | Sem comentários

Boa tarde, amigos modernos

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, anunciou hoje a Prova Brasil contará com questões de ciências neste ano. Atualmente, a prova, aplicada aos alunos de 5º e 9º ano do ensino fundamental e 3° ano do ensino médio das redes públicas, avalia apenas as disciplinas de português e matemática.

A Prova Brasil é uma das mais importantes avaliações da educação no Brasil. Elaborada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a Prova Brasil é realizada a cada dois anos em escolas públicas urbanas e rurais que possuem turmas de 20 ou mais estudantes e analisa o desempenho dos alunos, docentes e servidores.

Em entrevista concedida ao jornal O Estado de S.Paulo, Mercadante afirmou que “num primeiro momento, a medida não terá o objetivo de interferir na nota do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), mas será a preparação para isso. A Prova Brasil do 5.º e do 9.º ano terá ciências também”, disse. O Ideb combina o resultado do desempenho dos estudantes em avaliações (Prova Brasil/Saeb) com a taxa de aprovação.

A escolha das escolas é feita pelo Inep com base em dados do Censo Escolar. As provas são formadas por quatro blocos – dois de língua portuguesa e dois de matemática. Não são divulgados resultados individuais dos estudantes, já que o objetivo é avaliar a unidade e o sistema de ensino.

Simulado

Dada a devida importância à avaliação, o MEC e o Inep anunciaram também a realização de simulados de preparação para a Prova Brasil. “Teremos uma avaliação pedagógica que indicará onde a escola está bem, onde não está. Estamos dispostos a apoiar todo mundo que quiser fazer simulado. Vamos colocar as questões à disposição e ajudar a viabilizar as provas.”

O MEC quer substituir a Prova Brasil/Saeb, amostral, pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O ministro afirmou que “as administrações públicas, as secretarias de Educação e os estudantes já trocaram” a Prova Brasil/Saeb pelo Enem na avaliação do ensino médio. “Já trocaram porque é concreto: a escola coloca ou não o estudante em uma federal, no ProUni (Programa Universidade para Todos), no Ciência sem Fronteiras, nas cotas. Esse vai ser o debate, não tem outro”, afirmou.

Debate

A inclusão de ciências na Prova Brasil – o que deixará o exame mais parecido com o teste do Programa Internacional de Avaliação (Pisa) – é vista com bons olhos por especialistas consultados pelo jornal O Estado de S. Paulo. No entanto, alguns deles criticam a falta de debate sobre como os assuntos deveriam abordados no exame. “A discussão não aconteceu até hoje, nem mesmo com a definição das matrizes curriculares de português e matemática”, diz Daniel Cara, coordenador da Campanha Nacional pelo Direito à Educação.

Especialistas também questionam a não inclusão de outras disciplinas na avaliação. “Por que não incluir de forma amostral história e geografia?”, questiona Alexandre Oliveira, da consultoria Meritt Informação Educacional. O ideal, segundo Marcio da Costa, professor da Faculdade de Educação da UFRJ, é que a matriz funcione como um indutor do próprio currículo do ensino básico. “Queremos finalizar até julho as diretrizes de ciências e esperamos que o MEC se guie por esse estudo”, diz José Fernandes de Lima, presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE).

Com informações do jornal O Estado de S.Paulo

Nove em cada dez alunos do 9º ano de escolas públicas não sabem fazer contas com centavos

Por | Dicas | Sem comentários

Boa tarde, pessoal.

Hoje, o Portal UOL Educação postou uma reportagem alarmante. Segundo um estudo feito pelo economista Ernesto Faria, com exclusividade para o site com as notas da Prova Brasil de 2009, nove em cada dez alunos de escolas públicas brasileiras do 9º ano (antiga 8ª série) não sabem, por exemplo, fazer contas com centavos. de acordo com a publicação, o exame serve para avaliar a proficiência dos estudantes e é utilizado no cálculo do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Mais de 80% dos estudantes brasileiros estão em unidades da rede pública.

De acordo com o estudo, 89,4% dos alunos do último ano do ensino fundamental tiveram desempenho “abaixo do básico” e “básico” na disciplina. Isso quer dizer que tiraram notas menores que 300 na prova –em uma escala que chega a 425 em matemática e a 350 em português.

Tirar menos que 300 significa, segundo um documento do MEC (Ministério da Educação) que divide as notas em faixas, que o estudante não consegue fazer operações de adição, subtração, divisão ou multiplicação que envolvam centavos em unidades monetárias, resolver problemas com porcentagens ou reconhecer um círculo e uma circunferência.

 

As classificações são usadas pelo movimento Todos pela Educação e por alguns Estados para “categorizar” o conhecimento estudantil e têm quatro níveis: “abaixo do básico”, “básico”, “adequado” e “avançado”. Um estudante no nível “básico”, por exemplo, tem domínio mínimo do conteúdo que deveria saber; um do “adequado”, por sua vez, tem domínio pleno.

No caso de matemática, no 9º ano do fundamental, “abaixo do básico” significa uma nota entre 125 e 225; “básico”, entre 225 e 300; “adequado”, entre 300 e 350; “avançado”, entre 350 e 500. Esses números variam com a disciplina e a série.

A situação é um pouco melhor em português: 77,6% dos estudantes do 9º ano das escolas públicas de todo o país não têm o conhecimento adequado para o nível em que estão. Esses alunos tiraram nota menor que 275 e não conseguem, por exemplo, reconhecer “posições distintas entre duas ou mais opiniões relativas ao mesmo fato ou tema”, de acordo com o documento do MEC.

 

Séries iniciais

Os resultados da Prova Brasil também mostram que quase sete em cada dez alunos do 5º ano (68,5%) não conseguiram atingir o nível “adequado” em português. Eles não sabem, por exemplo, localizar a informação principal em um texto, não entendem uma metáfora ou mesmo inferem o que provoca um eventual efeito de humor no que estão lendo.

Em matemática, o desempenho é praticamente o mesmo: 69,8% têm conhecimentos “abaixo do básico” ou somente “básicos”. Entre os que os estudantes deveriam fazer, mas não conseguem, está ler informações e números apresentados em tabelas ou identificar que uma operação de divisão resolve um dado problema.

A Prova Brasil é aplicada para alunos do 5º e 9º anos do fundamental de escolas públicas municipais, estaduais e federais, de áreas rural e urbana, que tenham, no mínimo, 20 matrículas na série avaliada. O exame acontece a cada dois anos e os dados mais recentes disponíveis são os da prova de 2009.

A divisão por faixas do MEC é a mesma para todos os níveis. Por isso, as notas mínimas para cada uma das categorias é diferente em cada série, já que o estudante vai adquirindo conhecimentos ao longo de sua vida escolar.

Escala não é rigorosa, diz especialista

Para Francisco Soares, especialista em avaliações em educação e professor da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), a escala montada não é rigorosa e traduz o que o estudante deveria saber. “Esses números são um ponto de corte razoável. A gente não está sendo rigoroso demais. Isso é o estado da educação brasileira, há 15 anos. Nos últimos anos, tem havido algumas melhoras. Mas, ao que tudo indica, elas têm sido produzidas por um número pequeno de alunos”, afirma.

Um total reduzido de estudantes com notas boas pode estar puxando a melhora dos índices nacionais (como o Ideb), apesar dos resultados na Prova Brasil, afirma Soares. “Os números sugerem que há alguns melhores. Eu brinco que, no Brasil, a melhor maneira é treinar [no ensino superior] são ‘Ronaldinhos’. Se você é bom, eu te dou mais, e você melhora. Mas isso não pode ser para a educação básica”, afirma, lembrando que a educação básica é um direito constitucional.

De acordo com Mozart Ramos, conselheiro do CNE (Conselho Nacional de Educação), órgão vinculado ao MEC, os resultados mostram, pelo menos, os caminhos que devem ser seguidos: mais investimento, melhor gestão, maior capacitação de professores e um currículo que estimule o jovem a estudar.

“Do ponto de vista da aprendizagem adequada, a gente ainda está patinando. Isso tanto se aplica tanto no ensino médio quanto no final do ensino fundamental. Onde estamos melhorando de forma de forma constante é nas séries iniciais do fundamental”, diz.

Fonte: Retirado do portal UOL Educação

Indicado por Laucí A. Cavalett, coordenadora pedagógica de governo da Editora Moderna. 

Soluções Moderna: APROVA BRASIL MATEMÁTICA

Por | Novidades | 6 Comentários


Boa tarde a todos,

Hoje vamos apresentar mais um dos componentes do pacote “Soluções Moderna”: a coleção APROVA BRASIL MATEMÁTICA. Essa coleção é formada por 2 cadernos destinados aos alunos do Ensino Fundamental I e tem como principal objetivo auxiliar o professor a desenvolver nos alunos a  competência matemática necessária para o sucesso nos exames estaduais e nacionais.

 

 

APROVA BRASIL: Organização e Estrutura

Cada caderno está organizado em 20 lições e cada lição é composta por questões que

desenvolvem diferentes habilidades nos alunos. Uma característica marcante desse material é a contextualização com situações cotidianas, muitas vezes com o universo infantil, o que permite aos alunos mais autonomia na resolução dos problemas.

Em cada questão há duas etapas de trabalho, que descrevemos a seguir:

  • Compreendendo a questão

Em Compreendendo a questão, os alunos são incentivados a interpretar o enunciado
do problema proposto. Dessa forma, eles são levados a mobilizar os conteúdos matemáticos envolvidos, além de desenvolver a competência leitora.

 

  • Respondendo à questão

Em Respondendo à questão, o objetivo é desenvolver habilidades relacionadas a determinado conteúdo matemático para a resolução do problema proposto. Contudo, ao mesmo tempo em que isso se dá, eles têm oportunidade de recordar ou ampliar os conteúdos envolvidos, além de conhecer diferentes estratégias de resolução de problemas.

 

 

A cada 5 lições, há a seção Estou aprendendo?,  que tem o objetivo de avaliar a aprendizagem  por meio de questões que simulam os exames estaduais e nacionais aplicados no Ensino fundamental I, como a Prova Brasil, que os alunos realizam ao final do 5º ano. Aqui vale ressaltar que a familiarização dos alunos com a prova, na forma de simulado, como o que é proposto nessa seção, pode ser essencial para o bom desempenho deles nos exames estaduais e nacionais. Após a resolução das questões propostas no simulado, os alunos anotam as respostas em uma folha de respostas, que lhes permite exercitar o preenchimento de gabaritos.

 

Quadro de acompanhamento

Aqui o professor registra os resultados individuais dos alunos na avaliação proposta na seção Estou aprendendo?. Pode-se verificar o desenvolvimento dos alunos em relação às subcompetências (reprodução, conexão e reflexão). Daí em diante, é possível planejar novas estratégias para as próximas aulas.

 

Saiba mais  

[issuu width=600 height=400 pageNumber=2 printButtonEnabled=false backgroundColor=%23222222 documentId=110920124403-44c8e425639e404ab34a0ebbe15d1ec8 name=name5639e4 username=ed_moderna unit=px id=f734f9a8-715a-aabf-b848-75d9cdf58bf7 v=2]

Soluções Moderna: APROVA BRASIL LÍNGUA PORTUGUESA

Por | Dicas | 20 Comentários

Bom dia, pessoal! 

A Editora Moderna elaborou o pacote “Soluções Moderna” especialmente para os alunos do Ensino Fundamental I, das escolas públicas de todo o Brasil. Como temos apresentado nos últimos posts, nossa equipe preparou um conjunto com seis materiais inovadores para contribuir com a qualidade da Educação dos municípios brasileiros e enriquecer a prática pedagógica. Hoje, vamos conhecer a fundo mais um dos componentes do pacote “Soluções Moderna”: a coleção APROVA BRASIL Língua Portuguesa.

 

 

Aprova Brasil Língua Portuguesa

Organização e Estrutura

Os conteúdos dos dois cadernos da APROVA BRASIL Língua Portuguesa foram planejados
para complementar o material didático utilizado pelo professor em sala de aula, aprimorando a competência leitora dos alunos e preparando-os para bons resultados nos exames estaduais e nacionais.

Cada caderno conta com 20 Lições, que trabalham aspectos conceituais e estruturais de diferentes gêneros textuais e ampliam a compreensão dos textos, desenvolvendo variadas habilidades de leitura. Cada um dos textos que compõe a coleção foi criteriosamente selecionado. O nível de dificuldade das Lições aumenta gradualmente, oferecendo aos alunos a oportunidade de aplicar seus conhecimentos pouco a pouco.

 

Estou Aprendendo?

Todos os alunos da rede municipal fazem a Prova Brasil (Saeb) no final do 5º ano. Para que estejam bem preparados para esse tipo de exame, a Editora Moderna incluiu no material simulados com questões que exploram as subcompetências:  recuperação de informação, compreensão e interpretação, e reflexão sobre forma e conteúdo. Todos os simulados são complementados por uma Folha de Respostas que permite aos alunos exercitar o preenchimento dos gabaritos, familiarizando-se com eles.

 

Guia e Recursos Didáticos

Desenvolvido especialmente para o professor, o Guia e Recursos Didáticos traz orientações didáticas detalhadas para cada lição e também para cada avaliação.

Saiba mais

 

[issuu width=600 height=400 pageNumber=2 printButtonEnabled=false backgroundColor=%23222222 documentId=110920124356-c8e2f064b2bc4a23a63dd3d5f279adf5 name=lamina-aprova-brasil-portugues username=ed_moderna unit=px id=53631f8a-bea4-830e-0c48-d37622533b54 v=2]